Energia

PS_energia

Cientes dos crescentes desafios relacionados com a disponibilidade, geração e consumo de energia, temos vindo a desenvolver nos últimos anos uma estratégia de eficiência energética que tem resultado num conjunto de iniciativas com contributo significativo para a redução da dependência de energia para vários dos processos associados à nossa produção vinícola, das quais se destaca:

  • Instalámos dois parques solares na Herdade do Esporão, dando assim o melhor uso possível ao clima alentejano. Hoje podemos dizer que produzimos 50% da energia que consumimos. Mas o caminho que procuramos é o da autossuficiência energética através de fontes renováveis.
  •  As nossas adegas (Alentejo e Douro) foram construídas em diferentes níveis, utilizando a gravidade para transportar a uvas sem recurso a energia.
  • As caves de estágio da Herdade do Esporão são subterrâneas e não utilizam energia para manter a temperatura e humidade ideais.
  •  As caves da Quinta dos Murças utilizam a água das minas para, com um processo de solo radiante, controlar a temperatura e humidade com grande eficiência energética.
  •  Todas as adegas da Herdade do Esporão foram concebidas e construídas de forma a aproveitar o princípio da gravidade, evitando desperdícios energéticos.
  • As caves estão profundamente enterradas no subsolo, dispensando, desta forma, qualquer tipo de climatização artificial ou qualquer necessidade de correções de frio, calor ou humidade.
  •  Na Quinta dos Murças, no Douro, as caves utilizam um sistema original e inovador que aproveita a água natural das minas para aquecer e arrefecer o chão radiante que se estende ao longo de todas as caves.